sábado, 26 de março de 2011

DESAFIO DIA 4

Oi gente, tudo bem com voês? Ontem estava tão cansada que não pude postar, mas já estou aqui para consertar minha falha... 
O desafio de ser atenciosa com meu esposo, não foi nenhuma dificuldade para mim, pois já faço isso sempre. Mas como era parte do desafio assim o fiz, liguei para ele perguntando se estava tudo bem e se teria algo que eu pudesse fazer por ele. Como estava tudo bem, e ele não precisava de nada... Desafio cumprido com êxito!!!
Ontem minha parceira de oração foi orar comigo. Foi um momento precioso! Deus tem agido de forma poderosa em minha vida! Estou sendo trabalhada e moldada por ele, o que é muito bom para mim, pois certamente me fará melhor para as pessoas à minha volta! Ontem fui ministrada pela palavra de Deus em Isaías 61:10-11 "Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegra no meu Deus; porque me cobriu de vestes de salvação e me envolveu com o manto de justiça, como noivo que se adorna de turbante, como noiva que se enfeita com as suas jóias. Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor perante todas as nações." 
 A meditação de hoje tem o tema: O AMOR NÃO MALTRATA, quando li este tema pensei: fácil também, imagina que eu maltrato o Felipe, ele é muitíssimo bem tratado, mas quando fui me aprofundando na leitura e observando o que estava sendo considerado como maltratar, achei super chato! Para um relacionamento, o fato de ser rude, dar respostas grosseiras, manter o hábito de ser sarcástico é maltratar... Bom, muitas vezes eu sou rude e grosseira, principalmente quando não estou com muita paciência para nada, respondo com "patadas" e principalmente mantenho um comportamento "tolerância zero", isso segundo a meditação é rude e magoa ao cônjuge. A palavra de hoje, também me remeteu ao pensamento que sempre tenho: por que é tão mais fácil tratarmos os outros bem, do que as pessoas que vivem conosco, seja marido, pai, mãe, irmãos.? Qual a razão de sermos tão intolerantes com estas pessoas que estarão conosco por toda a vida, e tratarmos como reis e rainhas pessoas que nunca mais veremos? Por favor, não me entenda mal, não estou dizendo que estas pessoas não merecem bons tratos, certamente sim! Mas estou colocando em pauta, o fato de que deveríamos tratar como reis e rainhas as pessoas que estão conosco todos os dias, estes de fato merecem.
Mas quem sou eu para falar disso, perco a paciência com uma facilidade imensa, só Deus mesmo para cuidar de mim!!! 
Mas o texto de hoje diz que se eu realmente desejo amar ao meu esposo, irei propositadamente evitar coisas que o frustram ou causam desconforto. Li alguns trechos bíblicos que dizem: "A bênção dada aos gritos cedo de manhã, como maldição é recebida. - Provérbios 27:14" Nada pode irritar alguém de forma tão rápida quanto a grosseria. E nós mulheres devemos ter muito cuidado com este tipo de comportamento, pois a bíblia nos diz: "Melhor é viver num canto sob o telhado do que repartir a casa com uma mulher briguenta. - Provérbios 25:24"
Bem, devemos usar de etiqueta, bons modos e cortesisa com o nosso cônjuge, sendo sempre amáveis e dóceis, o livro dá três princípios norteadores para que pratiquemos a etiqueta, não só com o nosso  amado, mas com todos à nossa volta, se por ventura, você que é casado não tem tratado o amor de sua vida com a gentileza e cortesia que ele merece, aproveite e utilize estes princípios em sua vida:
  1. Guarde a Regra de Ouro: Trate seu cônjuge da mesma maneira que você deseja ser tratado (veja Lucas 6:31).
  2. Nada de Padrões Diferentes: Seja tão atencioso com o seu cônjuge quanto você é com estranhos ou com colegas de trabalho.
  3. Atenda às Solicitações: Considere que o seu marido ou esposa lhe pediu para fazer ou não fazer. Se estiver em dúvida, pergunte. 
E o grande desafio para o dia de hoje é: PEÇA AO SEU CÔNJUGE PARA LHE DIZER TRÊS COISAS SOBRE VOCÊ QUE O DEIXAM DESCONFORTÁVEL E IRRITADO. FAÇA ISSO SEM ATACÁ-LO E SEM JUSTIFICAR SEU COMPORTAMENTO. PREOCUPE-SE APENAS COM A PERSPECTIVA DELE. 
Uau!!! Isso dói.. Mas como meu objetivo é ter um amor puro, saudável e que valha à pena, vamos sacrificar o EU e o orgulho. 
Beijos a todos e amanhã lhes conto como sobrevivi a este desafio!!!
Com carinho da Anna

Nenhum comentário:

Postar um comentário